PÁGINA INICIALSOBRE MIMO QUE É?DIÁRIONOTÍCIAS GEEK NA MODAHISTÓRIAS

9 de julho de 2017

As youtubers pela Ásia que acompanho!

9 de julho de 2017 ///
Oláaaa navegantes desse mar furioso que é a internet! Tudo bem com vocês? Espero que sim, mesmo mesmo. Gente eu já falei que cortei franjinha? ACHO QUE NÃO, AAA! Então fica a novidade: eu cortei e sozinha. A burra aqui não fez vídeo nem nada porque foi num ímpeto, sabe? Levantei, pedi a tesoura pra sogra e cortei. Mas já fazia um tempo que eu queria uma franjinha meio asian girl... Falando nisso, vim aqui com mais um post pra vocês que era pra ser supostamente curto, mas acabei me empolgando: indicarei alguns dos muitos canais asiáticos que acompanho no Youtube!! Tá, mas espera um pouco. Antes de continuar lendo esse post eu quero que você entenda duas coisas: os asiáticos, especialmente os coreanos, dão muito, muito, muito, muuuuito valor à aparência. Isso significa que a maioria dos canais falam um pouquinho sobre cuidados com a pele, cabelo, etc. Até os homens se cuidam muito lá e acho isso bem legal. Mas não significa que tratam unicamente disso, ok? Todos os canais aqui indicados possuem conteúdos que amo forte e por isso mesmo quis vir compartilhar com vocês, hihi.

Sabem o que acho muito legal nos asiáticos? Eles não tem vergonha de comer na frente dos outros! E comem tão bonitinho... hahaha. Uma observação boba, eu sei. Só queria comentar aqui mesmo 😝
 

22 de junho de 2017

Mais 6 mangás pra se apaixonar!

22 de junho de 2017 ///
Olárrr! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Como já comentei no post passado, vou ficar um tiquinho afastada do blog e fanpage por um tempo, mas ocasionalmente vou aparecer por aqui e espero que em algum momento eu volte com tudo. O motivo? Mudança! Não vou falar demais sobre isso, vocês podem acompanhar um pouco pelo Instagram, já que estou postando bastante fotos ultimamente.Vim aqui com mais mangás que me viciaram total e que eu tenho 99,9% de certeza de que vocês vão gostar também! Amo compartilhar as coisas que vejo e gosto e aparentemente vocês também curtem quando faço isso. Bora ver? Listei 6 💖

Ah, não esquece de checar o post em que indico sites e apps pra ler mangá online.

Sumika Sumire - é o meu favorito da lista porque foge um tiquinho do padrão dos romances e tem muito sobrenatural (já amo só de ter também). Não é shoujo! É josei. Sumi é uma senhora de sessenta anos que acaba de perder a mãe, sua ultima familiar. De repente ela se encontra numa crise existencial com suas lembranças da juventude: ela deixou tudo de lado para trabalhar e tocar a floricultura da família, o que significa que deixou de ir à escola, nunca namorou e matou qualquer início de paixonite nos primeiros sintomas, tudo para se dedicar e atender às expectativas de seu pai exigente e ignorante. Sessenta anos de vida é muita coisa e ela pela primeira vez se dá conta do quanto jogou fora. Sumi encontra um quadro com a pintura de um gato negro, do qual sempre teve muito medo desde criança e enquanto encarava o quadro com nostalgia, se arrependendo por nunca ter curtido a vida e se apaixonado, corta o dedo nas farpas da moldura e seu sangue cai na pintura. O estranho é que a mancha some e Sumi acaba deixando pra lá, voltando a ficar imersa nas lembranças e acaba adormecendo. Em seu sono, ela fala dormindo e faz dois desejos: poder aproveitar sua juventude de novo e se apaixonar perdidamente. O pedido e o sangue de uma virgem rompem o selo do gato negro preso no quadro e... Bom, aí a história começa! A criatura que sai do quadro vai conceder o desejo feito e fazer de tudo para que isso aconteça (de tudo mesmo). Já aviso que ele é apaixonante.

50 Rules for Teenagers - é um shoujo! Durante sua vida toda a personagem principal se dedicou aos estudos e a cuidar da casa, já que sua mãe sempre foi ausente devido ao trabalho e se mudou para os EUA. Seu pai tenta manter a família, mas sozinho é bem difícil. Seu irmão gêmeo é aparentemente um inútil que não gosta de estudar (e nem precisa, pois é sortudo e se dá bem em tudo), seu irmãozinho mais novo se esforça pra ajudá-la, mas é apenas uma criança. Quando ela conhece um amigo misterioso do seu irmão, sua vida começa a ficar cada vez mais confusa e algumas verdades começam a vir à tona. Esse mangá é muito sobre aceitar as pessoas como elas são, sobre como o passado pode ser horrível, mas não significa que o futuro será. Se eu falar mais que isso vou acabar contando demais, mas o irmão e o amigo dele não são o que aparentam.



Ookami-heika no Hanayome - esse faz partes da lista de shoujos mais divertidos que já li. Yulin é uma garota pobre, mas obstinada e que aceita fazer um trabalho misterioso no palácio. Ela topa porque paga bem e ela precisa sustentar o pai e o irmão, mas o trato é que ela vai saber o que precisa fazer assim que chegar lá e tiver tudo acertado. Chegando lá ela descobre que... bem, ela tem que ser a noiva do rei conhecido por sua personalidade predadora, fria e calculista. A verdade é que por trás dessa fachada de bad-king, ele é um bobão e o trabalho de Yulin é apenas fingir ser a noiva do temível imperador-lobo. O rumo dos sentimentos entre os dois é bem previsível, mas os acontecimentos não! Eu adoro.

Kochou no Yumeji - eu geralmente não gosto de quadrinhos coloridos, real. Me entedio facilmente sabe-se lá porque, mas Kochou no Yumeji me prendeu tanto que fiquei das 23h da noite até as 4:00 lendo sem parar um minuto sequer. O traço é tão lindo, as cores são maravilhosas e os personagens... Apaixonei! Pena que tem poucos capítulos e que são curtos, mas estou ansiosa por novos. A protagonista é uma humana que morreu ao cair em um rio e recebe a proposta de continuar vivendo, mas não como humana. Ela aceita, porque durante toda a sua vida sempre quis que as pessoas dependessem dela para se sentir útil e amada. Quando ela acorda, se encontra num mundo totalmente diferente, um mundo em que animais e objetos animados falam e possuem inteligência. Ela agora é uma espécie de ayakashi-humana e está disposta a se adaptar à nova vida e retribuir a gentileza da mão que lhe deu uma nova chance: o yokai que vende sonhos. E que yokai... ~suspiros. O detalhe importante da história é que pra "reviver" ela, ele precisou inserir em seu corpo um sonho e o ato é extremamente proibido sem explicação alguma nesse mundo.



Yoshiwara Hana Oboro - Hana é uma garota que enquanto voltava da escola quase foi atropelada por um carro, mas antes seu pingente (herança de sua mãe) emana uma luz e... Ela se encontra na era Edo, em Yoshiwara. Agora ela tem que se adaptar à época e fugir, porque vai ser constantemente confundida com uma prostituta devido às roupas modernas que usa, sendo sempre salva por um misterioso homem que faz seu coração bater rápido. O mangá é muito legal, a Hana é uma garota forte que não fica em negação o tempo todo e está sempre dando tudo de si não só para o benefício próprio, mas para ajudar aqueles que passam a viver com ela. Muitas dificuldades aparecem pela frente (muitas mesmo) e a história não é previsível, mas ela sempre permanece firme. O final é bonitinho, mas nada previsível.







Beast Master - Leo (ou Reo) é um garoto de 18 anos que viveu grande parte da sua vida em uma ilha inabitada e nas savanas da África. Por nunca socializar ele desenvolveu instintos selvagens e um olhar intimidador que impede que qualquer pessoa chegue perto dele ou seja capaz de falar algo bom dele, mas Yuiko é diferente. Ela é uma garota comum do segundo colegial que ama animais, mas é odiada por eles e enquanto tenta levar seu gato de volta para casa encontre um garoto coberto de sangue que salva seu gato e some do nada. E esse garoto é Leo. Ninguém o compreende ou tenta se aproximar dele, mas Yuiko não dá a mínima e isso faz com que logo ele se apegue profundamente à garota, virando uma verdadeira fera quando ela está em perigo. É MUITO BONITINHO, PORÉM "WOW".



E aí? Gostaram?
Leram algum?
Me indiquem também!
Beijos e até o próximo post hihi.

9 de junho de 2017

O que fazer no dia dos namorados sem gastar muito?

9 de junho de 2017 ///
Olárrr! Tudo bem com vocês? Espero que sim. Dia dos namorados já está chegando e Guto e eu (que estamos morando juntos) estávamos bem indecisos sobre o que fazermos e aí pensei: vamos resolver isso e vou fazer um post no blog pra ajudar quem também está indeciso. Me senti no dever de escrever porque a) é a chance de eu dar as caras aqui (vamo que vamo blogayra) e b) eu gosto de posts sobre o tema. Então por isso vim aqui com algumas ideias de programação pro dia dos namorados! Repito: programação, não dica de presentes. E o  mais legal? Não vai pesar no seu bolso, yay! Quando a gente começa a ser mais independente a palavra "economia" se torna tão atraente que até enxergo ela em letras neon bem na minha frente 😛 Bora ver as ideias? São simples, mas bem legais.

Brincar de Masterchef - com os ingredientes que tem em casa mesmo ou com o que couber no bolso na hora de ir no mercado. Fazer isso juntos pode ser divertido até pra quem não gosta de cozinhar, além de ser um desafio: se virar com o que dá e comer durante uma conversa ou um filme... Alguma coisa tem que sair boa! heheh.
Baixar uma temporada inteira de uma série - e maratonar juntinhos com um montão de pipoca e chá/café pra aquecer nesse frio. Ah, e importante: desligar a internet e esquecer os celulares. Se isolar do mundo mesmo! Botar as novidades em dia que a gente nem nota que ainda não contou. Falar sobre como estamos, como foi o dia, contar coisas engraçadas... Certas conversas só dá pra se ter quando não há distrações.
Encher o quarto com cartinhas - escreva o que você sente, escreva o que você gostaria muito de ter dito em algum momento especial, mas não tinha palavras ou não conseguiu se expressar. É fofo, funciona e nada complicado. Quem não gosta de um romance de vez em quando? Mesmo a pessoa mais seca do mundo se emociona.
Leve o café da manhã na cama - e não tô dizendo quem do casal deve fazer isso, é válido pra quem acordar primeiro! hehe. Surpreender assim logo no comecinho do dia é bem gostoso. Mesmo que o casal trabalhe no dia, fazer um esforcinho pra levantar antes também vai contar no romantismo.
Vão ao zoológico/parque juntos - pode parecer algo banal e totalmente comum, mas quando se sai juntinhos, sozinhos e em uma data especial a tendência é rolar um clima legal. A ocasião super pede um piquenique e várias fotinhas juntos.
Faça um vídeo dizendo o que você sente - se a parada das cartinhas não for muito a sua praia e você é uma pessoa que não é de demonstrar muito os sentimentos, o vídeo é outra saída bem legal. Pra quem é youtuber essa é demais! 
Ir num rodízio - seja de japonês ou de pizza, é demais. Como diz aquele ditado se conquista o parceiro pelo estômago (mas quando não se é lá muito bom na cozinha partiu rodizinho) hehe. Eu já caía de amores facinho ~indireta.

Ah, e a Nicole, do Pôster Girl também dá uma dica super legal em um dos vídeos mais recentes no canal. 
Ela é uma fofa, tive a chance de conhecer pessoalmente. 
Tem um cabelo rosa mara e... bom, o resto vocês precisam ver no vídeo:
 E aí? Gostaram?
Espero que eu tenha ajudado alguém, hihi.
Beijos e feliz dia dos namorados 😜

Eu ainda não tinha franjinha quando tiramos a foto hehe.

22 de maio de 2017

Sem glúten: os melhores sites de receitas + informações!

22 de maio de 2017 ///
Olár! Tudo bom com vocês? Espero que esteja tudo ok por aí. Já faz um tempo que não falo nada sobre comida aqui, o que é bem surpreendente porque eu realmente gosto de cozinhar (quem acompanha o blog a mais tempo sabe), ainda mais comer. Ia vir com umas receitas, mas aí pensei melhor e vim indicar sites para quem tem o mesmo estômago bugado que o meu: me sinto muito mais confortável não ingerindo glúten e lactose. Dor no estômago, inchaço na barriga (o que causava uma baita baixa na auto estima) e dores de cabeça sempre aparecem quando como algo que tenha um dos dois e eu não fui no médico - ainda -, mas decidi fazer um teste: tirar totalmente o glúten e grande parte da lactose da minha alimentação. E deu bom! Nunca mais sofri com o efeito barriga d'água, o que me faz adiar cada vez mais a ida ao médico (não façam isso seguimores). Aí ok, problema detectado, mas começou a sofrência: eu nunca mais vou poder comer torta, pizza, etc????? Toda vez que vou em alguma festa é super chato. Eu fico na base do suco/refrigerante porque não sei do que é feito tudo aquilo e pra mim, não valem a pena os 5 minutos comendo pra passar mal por dias seguidos (real). Também não vou sair perguntando, ou exigindo que façam opções pra mim (pô né Bianca). Eu sequer tenho o exame médico pra comprovar, vou marcar o exame em breve - palavra de escoteira.
Você pode clicar aqui e ver um vídeo explicativo, ok? 
Vejam se quiserem, é bom se informar e entender quem passa por isso 
ao invés de falar algo que chateie sem saber. 💕
Nem sempre é frescura, nem sempre é por opção.
Agora tendo explicado, vou direto ao objetivo do post: eu aprendi que se eu pesquisar nos lugares certos posso comer tudo aquilo que eu "não deveria" por ter glúten! Claro, eu mesma tenho que fazer e não vai ingrediente algum que contenha trigo, cevada, centeio e tal, mas as receitas tiradas de lugares confiáveis são muito gostosas e dão super certo. Nem sempre eu tenho condições de comprar a versão gluten free porque elas são geralmente muito mais caras! O legal das receitas sem glúten é que a maioria é mais saudável. Enfim, não sei se alguém aqui segue esse tipo de dieta ou pretende, mas aqui vou eu recomendar os sites que uso pra vocês! Espero que gostem, hihi.

Mamão e Açúcar - eu descobri esse recentemente e as receitas dele já estão nos meus favoritos, sério! Acho esse o melhor e mais versátil, com várias opções para quando se está com preguicite. Não é tão focado em receitas saudáveis, os posts são tão bem feitinhos, o design é tão lindo que eu acho tudo muito apaixonante. Impossível não gostar de tudo.
Projeto Mestre Cuca - ela é bem focada em refeições saudáveis e a mesma receita tem mais de uma opção de preparo. O bacana é que o blog dela não é só sobre isso, mas também sobre lifestyle!
Lactose Não - esse site eu uso menos, mas é ótimo pra quem além de não poder ingerir glúten, também não pode ingerir leite de origem animal (sim, isso existe). Também tem vários cursos disponibilizados pela própria blogueira e ela tem um canal no Youtube que adoro acompanhar.
Fenacelbra - é a Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil, então além de ter e-books gratuitos com receitas, tem muitas dicas e benefícios também! Infelizmente, por não ter passado por diagnóstico médico eu não consigo ter acesso a tudo, mas quem já foi pode se inscrever e ajudar na contagem de celíacos por todo o Brasil.
Natue - é um site sobre alimentação, na verdade. Ele tem dicas, posts informativos e um catálogo de receitinhas com várias categorias, inclusive a "sem glúten".

Curiosidade pra quem está começando: 
Vários alimentos são naturalmente sem glúten, mas por serem plantados/armazenados/fabricados no mesmo lugar que alimentos com glúten, eles são "contaminados" e podem conter os traços do trigo/centeio/cevada.Ou seja: fique atento às embalagens!
 Você pode ter intolerância a glúten, doença celíaca ou alergia a trigo.
Veja a diferença aqui.

E aí? Gostou?
Espero que sim! Comenta pra eu saber hihi
Me acompanhe também no Instagram pra ver minhas fotinhas...
E fale comigo no Twitter! Sempre respondo, prometo.
Ah, e no Facebook estamos crescendo! Tô muito felizinha 💖

PS: eu vou estar um tanto distante do blog e redes sociais por um tempinho porque estou passando por uma fase de adaptação na minha vida. Não gosto de contar meus projetos e problemas, então não vou ficar comentando aqui nem nada. Espero que entendam e continuem comigo, hihu. 

COPYRIGHT © 2016 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
DESIGN E DESENVOLVIMENTO POR Escolhas Criativas